Galáxia monstruosa mostra-nos o seu outro lado
20 de Fevereiro de 2013

Esta parece a imagem de um super-raio laser destruidor de planetas, do Star Wars ou de um qualquer outro filme de ficção científica, e quase poderia ser! O que estamos a ver é o centro de uma das galáxias mais ativas no Universo. Centros de galáxia como este jorram incríveis quantidades de energia – são mais brilhantes do que cerca de 100 galáxias normais juntas! Embora esta imagem seja a visão de um artista e não uma fotografia real, baseia-se nas primeiras observações reais 3-D de um quasar - isto é o que os astrónomos chamam aos centros ativos de galáxias! Ver um objeto astronómico em 3D não é tarefa fácil. A menos que o objeto esteja a rodar, é muito difícil de ver para lá do nosso ângulo. Mas neste caso veio em nosso socorro um herói improvável: um enorme enxame de galáxias, situado entre o quasar e a Terra.

Parece estranho, mas em vez de nos bloquear a imagem do quasar, a força gravitacional do enxame de galáxias era tão forte que dobrou os feixes de luz provenientes do quasar, à medida que o atravessaram. Por isso, a luz viajou em torno do enxame, e fomos capazes de observar o quasar a partir da Terra. Melhor ainda, o enxame “dobrou” a luz, e assim podemos observar a luz vinda dos diferentes lados do quasar de uma só vez! Isso deu os astrónomos a primeira visão 3D de uma destas monstruosas galáxias!

Facto curioso

O Universo é composto por várias estruturas, mantidas juntas pela gravidade. As estrelas são reunidas em galáxias, e as galáxias são reunidas em enxames de galáxias. A nossa galáxia, a Via Láctea, juntamente com cerca de outras 2000 galáxias, faz parte do aglomerado da Virgem!

This Space Scoop is based on a Press Release from NAOJ.
NAOJ

Paula Furtado / NUCLIO

Imagem
Versão para imprimir
Mais space scoops

Ainda com curiosidade? Aprende mais...

O que é o Space Scoop?

Descobre mais Astronomia

Inspirando uma nova geração de Exploradores Espaciais

Amigos do Space Scoop

Contacta-nos

This website was produced by funding from the European Community's Horizon 2020 Programme under grant agreement n° 638653