Erupções reveladoras
23 de Outubro de 2020

Na Terra, os vulcões são conhecidos pelas suas brilhantes erupções. No espaço, estão a oferecer aos cientistas uma janela para as entranhas de outros corpos celestes!

Io, preso a Júpiter

Io, um dos satélites de Júpiter, não é um lugar acolhedor para os seres humanos. É o objeto com maior atividade vulcânica em todo o Sistema Solar! Este satélite possui mais de 400 vulcões que expelem gases sulfurosos e malcheirosos. Isto dá à superfície de Io cores diversificadas, brancos, amarelos, laranjas e vermelhos, que se devem ao facto de os gases congelarem na superfície.

Estudamos objetos como Io para perceber melhor como se formam e evoluem os satélites, sobretudo os que são muito diferentes da Lua que temos em órbita da Terra. Além disso, esta investigação também pode ajudar os cientistas a peceber se pode existir vida noutros lugares!

Novas descobertas

Não podemos respirar a atmosfera de Io, porque ela é constituída pelos gases vulcânicos, e além disso é muito ténue. Agora, novas imagens, obtidas no comprimento de onda do rádio pelo ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array), mostraram pela primeira vez o efeito direto da atividade vulcânica na atmosfera de Io.

Um grupo de astrónomos usou o ALMA para obter imagens do satélite quando passava pela sombra de Júpiter (ou seja, quando estava eclipsado).

Durante os eclipses, os cientistas puderam pela primeira vez ver sinais claros de dois gases particulares, chamados dióxido de enxofre (que é tóxico para os seres humanos) e monóxido de enxofre (que normalmente só se encontra no espaço), a serem expelidos pelos vulcões.

Esta nova imagem (que pode ser vista acima) mostra Io no comprimento de onda do rádio (que nós não conseguimos ver) e da luz visível (que podemos ver com os nossos olhos). A imagem mostra claramente o dióxido de enxofre gasoso (em amarelo) a sair dos vulcões.

Ao estudar os vulcões de Io, ficamos a saber não apenas o que está por baixo da sua superfície, mas também o que há na atmosfera. Os cientistas descobriram que quase metade da atmosfera deste satélite é constituída por gases que saem dos vulcões.

Facto curioso

A atmosfera de Io é um milhar de mihões de vezes menos densa que a da Terra!

This Space Scoop is based on a Press Release from NRAO.
NRAO

Portal do Astrónomo / NUCLIO

Imagem
Versão para imprimir
Mais space scoops

Ainda com curiosidade? Aprende mais...

O que é o Space Scoop?

Descobre mais Astronomia

Inspirando uma nova geração de Exploradores Espaciais

Amigos do Space Scoop

Contacta-nos

This website was produced by funding from the European Community's Horizon 2020 Programme under grant agreement n° 821832