A Maior Estrela Amarela do Universo
14 de Março de 2014

O que mostra esta imagem? Vamos dar-lhe uma pista - não é uma imagem do Sol. A maioria das pessoas pensa que o Sol é amarelo, mas se pudesse viajar pelo espaço e observar a nossa estrela a partir daí, sem ficar cego, veria que na realidade ela é branca. Isto acontece devido à luz solar ser composta por todas as cores do arco-íris, e quando elas estão todas misturadas os nossos olhos vêem branco. O nosso Sol parece amarelo devido à atmosfera que envolve a Terra.

As partículas que constituem a atmosfera terrestre, como as poeiras e a água, dispersam mais dificilmente a luz vermelha assim esta, ao atravessar a atmosfera até chegar aos nossos olhos, dá-nos a sensação de que o Sol é alaranjado. Da mesma forma vemos o céu azul devido às partículas atmosféricas dispersarem mais facilmente a luz azul.

No entanto, existem realmente estrelas amarelas (e também azuis)! Esta imagem é um ilustração artística de uma das mais raras e espetaculares estrelas do universo - uma hipergigante amarela, com a sua pequena estrela companheira à direita.

Na nossa galáxia apenas se conhece cerca de uma dúzia destas hipergigantes. Para os astrónomos, encontrar uma destas estrelas gigantescas é como agarrar a “snitch” dourada do Harry Potter, e esta é uma das maiores até agora encontradas! Se esta estrela tivesse o tamanho da roda gigante de Londres, a London Eye, e usando a mesma escala, o nosso Sol teria o tamanho de uma laranja!

No entanto, a estrela nem sempre teve as dimensões atuais, tendo-se expandido ao longo de 40 anos.

Há alguns anos, enquanto a estrela se alimentava do seu combustível, o hidrogénio (tal como o nosso Sol faz atualmente), era muito mais pequena. Mas quando se esgotou o hidrogénio, a estrela expandiu-se, formando uma enorme estrela vermelha (chamada supergigante vermelha). Ao perder a sua camada exterior, tornou-se uma hipergigante amarela muito mais brilhante.

Hoje em dia, esta estrela brilha um milhão de vezes mais do que o nosso Sol e, apesar da distância à Terra, esta hipergigante pode ser vista a olho nu!

Facto curioso

Esta hipergigante é a décima segunda estrela com maiores dimensões a ser encontrada em todo o Universo!

This Space Scoop is based on a Press Release from ESO.
ESO

Tradução: Paula Furtado (NUCLIO - Núcleo Interactivo de Astronomia)

Imagem
Versão para imprimir
Mais space scoops

Ainda com curiosidade? Aprende mais...

O que é o Space Scoop?

Descobre mais Astronomia

Inspirando uma nova geração de Exploradores Espaciais

Amigos do Space Scoop

Contacta-nos

This website was produced by funding from the European Community's Horizon 2020 Programme under grant agreement n° 638653