Um antigo manancial de galáxias
10 de Outubro de 2019

As galáxias são sociáveis, e gostam de se juntar, tal e qual como as pessoas. Os cientistas perguntam-se se isso sempre foi assim ou se só começou a acontecer em tempos recentes.

Os astrónomos deram com um conjunto de galáxias muito antigas que estavam a dar os primeiros passos na formação de um grupo. Este conjunto de 12 galáxias é o mais antigo que alguma vez foi encontrado – tem perto de 13 mil milhões de anos! Ou seja, a aproximação entre elas aconteceu pouco depois do nascimento do Universo.

Para descobrir este tão especial grupo nascente de galáxias, os astrónomos estudaram um mapa gigantesco do Universo, que foi feito pelo Telescópio Subaru, instalado no Hawai, nos EUA. Repararam então numa área onde havia uma acumulação de muitas galáxias. Depois perceberam que era uma série de velhas galáxias que começavam a agrupar-se por causa da gravidade.

A descoberta é excitante para os cientistas, porque quer dizer que as galáxias já se começavam a agrupar numa altura em que ainda se formavam as primeiras estrelas. Há ainda muito por descobrir sobre os grupos de galáxias e sobre a forma como o Universo evoluiu nos primeiros tempos depois do Big Bang.

 

Crédito da imagem: NAOJ/Harikane et al.

 

Facto curioso

Um grupo de galáxias pode conter até mil galáxias. O que quer dizer que em cada um deles podem existir milhares de milhóes de estrelas!

This Space Scoop is based on a Press Release from NAOJ.
NAOJ

Portal do Astrónomo / NUCLIO

Imagem
Versão para imprimir
Mais space scoops

Ainda com curiosidade? Aprende mais...

O que é o Space Scoop?

Descobre mais Astronomia

Inspirando uma nova geração de Exploradores Espaciais

Amigos do Space Scoop

Contacta-nos

This website was produced by funding from the European Community's Horizon 2020 Programme under grant agreement n° 638653