Um Brinde a uma Estrela de Meia-Idade
9 de Outubro de 2013

Esta nova imagem mostra-nos com grande detalhe a nebulosa Toby Jug, localizada bem longe da Terra e visível no céu austral. A nuvem de gás de cor pálida envolve uma estrela gigante vermelha cerca de cinco vezes mais massiva que o nosso Sol! A luz brilhante da estrela que se situa no meio reflete-se no gás fazendo-o brilhar. A nebulosa deve o seu nome a dois astrónomos britânicos, para quem os pálidos remoinhos de gás faziam lembrar a forma de uma antiga caneca inglesa chamada Toby Jug.

Apesar da estrela que se encontra no coração da nebulosa ser milhões de anos mais nova que o nosso Sol, já se encontra numa fase da vida muito mais avançada. O que resulta do facto das estrelas com mais massa viverem mais rapidamente que as de menor massa. O nosso Sol com cerca de 4600 milhões de anos, está agora a entrar na meia-idade enquanto esta estrela, por ter uma massa muito superior, viverá apenas mais alguns milhões de anos. A fase de gigante vermelha é apenas uma pequena parte do ciclo de vida de uma estrela, o que faz da imagem deste objeto algo bastante raro!

Eventualmente, quando o nosso Sol tiver queimado praticamente todo o hidrogénio do seu núcleo também aumentará de tamanho transformando-se numa gigante vermelha. Os astrónomos pensam que quando isso acontecer o nosso Sol irá expandir-se de tal forma que irá muito além da órbita da Terra. Isto significa que todos os planetas interiores, rochosos do nosso sistema solar: Mercúrio, Vénus, Terra e provavelmente Marte irão ser “engolidos”!

Facto curioso

À velocidade a que a tecnologia está a avançar, existe alguma probabilidade dos seres humanos estarem a viver num planeta diferente na altura em que o Sol se transformar numa gigante vermelha. Existem já algumas pessoas a viver e a trabalhar na Estação Espacial Internacional. Se quiser saber quantas pessoas estão no espaço a qualquer altura, basta aceder a http://www.howmanypeopleareinspacerightnow.com/

This Space Scoop is based on a Press Release from ESO.
ESO

tradução: Paula Furtado (NUCLIO - Núcleo Interactivo de Astronomia)

Imagem
Versão para imprimir
Mais space scoops

Ainda com curiosidade? Aprende mais...

O que é o Space Scoop?

Descobre mais Astronomia

Inspirando uma nova geração de Exploradores Espaciais

Amigos do Space Scoop

Contacta-nos

This website was produced by funding from the European Community's Horizon 2020 Programme under grant agreement n° 638653